O que é um elevator pitch e como construí-lo?

O que é um elevator pitch e como construí-lo

Nos últimos anos, um modelo de apresentação para quem está em busca de dinheiro para investir em seus negócios tem se tornado cada vez mais comum no Brasil. Desenvolvido por donos de pequenas empresas do Vale do Silício (Estados Unidos), o modelo ficou conhecido como elevator pitch, ou “conversa de elevador” em português. Nessa postagem, você vai conhecer a essência dessa estratégia e dicas para executá-la com sucesso no seu cotidiano.

O que é elevator pitch?

Você provavelmente já precisou elaborar um material para apresentar uma ideia de negócio para um investidor. Isso é conhecido como “pitch de vendas”, pois basicamente você está tentando vender uma ideia. O elavator pitch trabalha no mesmo contexto, mas nesse caso a apresentação dura pouco tempo, como o próprio nome já sugere. Em resumo, o elevator pitch é a apresentação de uma ideia de forma rápida, pontual e eficaz. É como se você tivesse apenas alguns minutos para convencer seus potenciais investidores de que sua empresa é um bom negócio.

Por que ele pode ser decisivo para o meu negócio?

É comum que empreendedores que estão iniciando em um negócio sintam dificuldade em planejar reuniões com investidores e empresários. Quando eles possuem uma nova ideia de negócio e procuram investidores para divulgá-la, todas as oportunidades devem ser aproveitadas, mesmo que não seja por meio de uma reunião formal com horário marcado. Nos diais atuais, o tempo é algo muito valioso para todos. Por isso, é fundamental que você esteja sempre preparado para ser convincente e interessante em qualquer lugar ou situação.

Elevator pitch - Dicas

Como construir o meu elevator pitch?

Para que você seja capaz de despertar o interesse do investidor em poucos minutos, recomenda-se elaborar um roteiro com informações-chave. Confira abaixo uma sugestão de modelo:

– Quem é você?

É importante contar de forma breve quem são as pessoas envolvidas no projeto e o que as motiva a seguir em frente. Dessa forma, você resume como surgiu a ideia do negócio sem entrar em detalhes mais técnicos.

– A oportunidade

Apresente qual é o negócio da empresa e por que os empreendedores acreditam estarem prontos para aproveitar uma oportunidade de mercado. Investidores buscam saídas novas para velhos problemas. Nesse tópico, não é recomendável perder tempo mostrando dados ou estatísticas. Seja objetivo.

– Receita

Quem pretende investir em uma empresa iniciante almeja saber como vai receber o seu dinheiro de volta. Por isso, você deve aproveitar o tempo para dizer as fontes de receita do negócio.

– Por que investir em você?

Liste quais são os pontos fortes e fracos do seu negócio. Esse tipo de informação demonstra para o investidor que o empreendedor tem noção de como está o plano de negócios e o quanto pode ser melhorado.

– O que você precisa?

Por fim, diga quais são as necessidades do seu negócio. Por exemplo, você precisa de recursos ou apoio de um investidor-anjo para otimizar o seu plano de negócios? Você precisa de um parceiro para ajudá-lo na abertura de canais de distribuição ou para ingressar em um novo mercado? Caso a ideia seja receber auxílio de capital, informe quanto de dinheiro você precisa para financiar o seu projeto.

Gostou da nossa postagem? O Hub55 oferece soluções para o desenvolvimento de empresas brasileiras no estado de Connecticut – Estados Unidos. As empresas associadas possuem apoio administrativo completo, serviços subsidiados pelo governo de Connecticut, além de amplo networking em associações e entidades governamentais. Saiba mais sobre esse projeto único e amplie as oportunidades de novos negócios no exterior!