Seguro saúde nos Estados Unidos: como funciona?




      

Seguro saúde nos Estados Unidos - Como funciona?

Se você tem interesse em investir e morar nos EUA é provável que você tenha dúvidas sobre como funciona e qual é o valor pago no seguro saúde. O sistema de saúde do país norte-americano apresenta características bem distintas do sistema brasileiro, e por isso torna-se necessário entender todas as regras.

Para ajudá-lo nesse assunto, nós separamos informações básicas sobre o seguro saúde nos Estados Unidos. Confira a seguir:

1). Existe sistema público de saúde nos EUA?

Não. O sistema público de saúde norte americano é baseado em planos de saúde ou uso particular. Você até pode encontrar alguns atendimentos gratuitos ou de baixo custo em algumas localidades, mas eles são realizados por iniciativas privadas e normalmente possuem cunho filantrópico.

2). Como é o acesso ao seguro saúde?

O custo de acesso ao seguro saúde nos Estados Unidos é elevado. Dependendo do Estado, você pode receber uma multa relativa a todos os membros da sua família caso não possua nenhum plano de saúde dentro do país. Conforme informações do site HealthCare.gov, nesse caso você deverá pagar um valor de 2.5% referente a renda familiar ou $685 dólares por adulto e $347.50 por criança – que dependerá do que for maior. Caso o indivíduo não tenha um seguro saúde, o custo de uma consulta ou exame particular é muito alto.

3). Quais são os planos de saúde disponíveis?

Existem duas maneiras para ter acesso ao seguro saúde: através do plano empresarial ou do plano individual.

O plano empresarial é muito comum em empresas em todo o país. Nesse caso é a própria empresa que estabelece as regras gerais de uso, como também se pagará integralmente ou uma parte do plano. Muitos trabalhadores recorrem a esse plano por apresentar uma redução significativa nos custos com a saúde. Porém, vale ressaltar que pode haver restrições aos serviços médicos dependendo dos termos definidos pelo próprio empregador.

O plano individual geralmente é uma opção mais cara, entretanto, você pode definir o contrato que deseja, quais são as regras de uso, cobertura e o orçamento disponível.

Plano de saúde nos Estados Unidos

4). Como funciona o seguro saúde nos Estados Unidos?

A seguir você confere informações gerais sobre alguns planos:

Premium: é o valor mensal que o indivíduo deve pagar para o seu plano. Quando o plano é empresarial, a empresa normalmente paga uma parte do premium e o trabalhador paga o restante. Se o indivíduo recorrer ao plano individual, ele pagará o valor integral todo mês.

Co-pay: trata-se de uma coparticipação por cada consulta médica e uso do plano. Por exemplo, um co-pay de $20 dólares por consulta realizada.

Co-insurance: é o percentual sobre cada gasto que incide sobre o indivíduo. Por exemplo, se você tem um co-insurance de 30% e precisou realizar um tratamento de $1.000, o plano pagará $700 e você pagará $300 para completar o valor.

Deductible: é o valor de franquia do plano. No caso da contratação de um plano de saúde com deductible, até um determinado teto o indivíduo deverá pagar todos os custos para que então o seguro saúde passe a valer e cobrir o que está em contrato. Exemplo com um plano deductible de $1.200: você faz consultas e exames com médicos e paga todas as despesas até atingir o valor de $1.200. A partir disso o plano começa a cobrir a parte dele que está em contrato, e você terá um co-pay ou co-insurance nas próximas consultas e exames.

Out of pocket maximum: é valor máximo que o indivíduo gastará por serviços não cobertos da franquia. Os planos possuem um limite anual de out of pocket. Imagine um plano de saúde que tenha um out of pocket de $3.500 por pessoa. Se você fizer uma cirurgia de $50.000, você pagará no máximo $3.500 mesmo que a sua participação seja de 20%, por exemplo.

Você pode conferir mais informações sobre os planos e condições contratadas no portal da HealthCare.gov.

Continue acompanhando nosso blog para mais dicas e informações úteis sobre os Estados Unidos e seu mercado. E se você deseja internacionalizar a sua empresa brasileira no país norte-americano, entre em contato com a consultoria internacional Hub55 e aumente as fronteiras do seu negócio!

Somos especialistas em:


Vendas para Governo

Soluções de ponta-a-ponta, com foco na indústria de TIC

Desenvolvimento de Negócios Internacionais

Vendas como serviço e operação iniciação, com foco na indústria aeroespacial, de equipamentos médicos e de TIC

Connecticut

Representação do Governo de Connecticut no Brasil

Nossas empresas



Depoimentos

  • Com a Paseli, criamos na América Latina um pipeline de USD 6 milhões de dólares e uma base de 150 leads qualificados, sem precisarmos investir em escritório, contratação e treinamento de equipe local.

    Maurício Costa

    Diretor comercial Openlink no Brasil, desenvolvedora global de soluções de software com +1200 colaboradores

  • Estou muito impressionado com a capacidade e velocidade que a consultoria entendeu o nosso negócio e necessidades, oferecendo uma proposta de serviço alinhada com o nosso orçamento.

    Jean Pierre Filion

    vice-presidente de Negócios Globais XMedius, líder global de soluções de nível empresarial para troca segura de documentos

  • A Paseli se prontificou e mudou o escopo do trabalho e os produtos que havíamos acertado, mantendo a qualidade. Tudo o que recebemos até agora superou as nossas expectativas.

    Nena Lentini

    Diretora de programas CDC Brasil, organismo operacional do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos presente em mais de 60 países

  • A agenda que montaram para essa visita foi impressionante. As consultoras sabem os próximos passos, sabem do que devem cuidar, no Brasil e também em Connecticut.

    Jason Giulietti

    Vice-presidente de Business Recruitment Connecticut Economic Resource Center (CERC), Agência que promove o desenvolvimento econômico de Connecticut

  • Nossa intenção era testar o mercado de fábricas de software de São Paulo para aprender sobre a necessidade das empresas e assim tornar concreto nosso plano de expansão. Também queríamos experimentar o modelo de terceirização da força de vendas, por isso escolhemos a Paseli como nossa representante comercial.

    Reno de Brito Pereira

    Diretor Polisys Informática, reconhecida fabricante de software na região centro-oeste

  • A minha expectativa foi plenamente atendida! A ideia era conhecer os tipos de suporte que teríamos na internacionalização e desenvolvimento de negócios em Connecticut – isso foi muito bem feito durante esta semana de matchmaking organizada pela Paseli.

    Luiz Tanaka

    Diretor Comercial Saipher - Air Traffic Control and Management Systems

  • O apoio que nos foi dado pela Paseli foi muito importante e a equipe alocada foi bastante ágil durante todos os processos.

    José Lima

    Diretor Sales & Operations Thomson Reuters, Thomson Reuters, multinacional com 60 mil empregados em mais de 100 países




Notícias

Mais notícias

Newsletter

Adicione o seu e-mail e receba as nossas novidades


Faça parte da nossa equipe