Saiba mais sobre tecnologias de futuro para a competitividade em defesa




      

Objetivando identificar as tecnologias aplicadas à indústria de defesa com potencial de difusão no Brasil até 2029, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), com o apoio do Ministério da Defesa (MD), elaboraram uma lista prospectiva de tecnologias para três segmentos: sensores de comando e controle, armas inteligentes e veículos não tripulados, sendo que a mesma foi submetida a uma consulta estruturada com um painel de especialistas da indústria de Defesa que dentre 257 tecnologias divididas em 5 áreas tecnológicas escolheram as citadas acima.

A consulta compõe uma das etapas da Agenda Tecnológica Setorial (ATS) de Defesa que teve um caráter reservado atribuído à lista de tecnologias pelo MD, todos os respondentes assinaram termo de confidencialidade, de forma a garantir o sigilo das informações das tecnologias que compõem a lista investigada.

Para realizar a consulta, a ABDI contou com o apoio do Instituto Militar de Engenharia (IME/RJ) e da Faculdade de Tecnologia de São José dos Campos, o que viabilizou a formação de um painel com 110 especialistas, respondendo presencialmente a consulta, simultaneamente nas cidades do Rio de Janeiro e São José dos Campos. O painel foi formado por convidados de empresas, da academia, do governo e das Forças Amadas do Brasil.

As Agendas Tecnológicas Setoriais (ATS) são instrumentos de apoio ao Plano Brasil Maior (PBM), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e à Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI), coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Seu objetivo é identificar as tecnologias relevantes para a competitividade de diversos setores da indústria brasileira no horizonte de 15 anos, tendo a inovação como fator de reposicionamento da indústria. O projeto vem sendo executado por meio de uma parceria entre a ABDI e o CGEE, que dividem a coordenação executiva da elaboração das ATS, mediante recursos da ABDI e do MCTI, repassados ao CGEE.

Em suma as tecnologias relevantes identificadas nas ATS darão subsídios para a atribuição de prioridades de pesquisa, desenvolvimento e inovação; para negociações de offset, joint-ventures tecnológicas, atração de plantas e de centros de pesquisa e desenvolvimento e para a formação de talentos. Ainda darão subsídios para a identificação de modelos de negócios de modo a viabilizar a produção de tais tecnologias no pais.

Somos especialistas em:


Vendas para Governo

Soluções de ponta-a-ponta, com foco na indústria de TIC

Desenvolvimento de Negócios Internacionais

Vendas como serviço e operação iniciação, com foco na indústria aeroespacial, de equipamentos médicos e de TIC

Connecticut

Representação do Governo de Connecticut no Brasil

Nossas empresas



Depoimentos

  • Com a Paseli, criamos na América Latina um pipeline de USD 6 milhões de dólares e uma base de 150 leads qualificados, sem precisarmos investir em escritório, contratação e treinamento de equipe local.

    Maurício Costa

    Diretor comercial Openlink no Brasil, desenvolvedora global de soluções de software com +1200 colaboradores

  • Estou muito impressionado com a capacidade e velocidade que a consultoria entendeu o nosso negócio e necessidades, oferecendo uma proposta de serviço alinhada com o nosso orçamento.

    Jean Pierre Filion

    vice-presidente de Negócios Globais XMedius, líder global de soluções de nível empresarial para troca segura de documentos

  • A Paseli se prontificou e mudou o escopo do trabalho e os produtos que havíamos acertado, mantendo a qualidade. Tudo o que recebemos até agora superou as nossas expectativas.

    Nena Lentini

    Diretora de programas CDC Brasil, organismo operacional do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos presente em mais de 60 países

  • A agenda que montaram para essa visita foi impressionante. As consultoras sabem os próximos passos, sabem do que devem cuidar, no Brasil e também em Connecticut.

    Jason Giulietti

    Vice-presidente de Business Recruitment Connecticut Economic Resource Center (CERC), Agência que promove o desenvolvimento econômico de Connecticut

  • Nossa intenção era testar o mercado de fábricas de software de São Paulo para aprender sobre a necessidade das empresas e assim tornar concreto nosso plano de expansão. Também queríamos experimentar o modelo de terceirização da força de vendas, por isso escolhemos a Paseli como nossa representante comercial.

    Reno de Brito Pereira

    Diretor Polisys Informática, reconhecida fabricante de software na região centro-oeste

  • A minha expectativa foi plenamente atendida! A ideia era conhecer os tipos de suporte que teríamos na internacionalização e desenvolvimento de negócios em Connecticut – isso foi muito bem feito durante esta semana de matchmaking organizada pela Paseli.

    Luiz Tanaka

    Diretor Comercial Saipher - Air Traffic Control and Management Systems

  • O apoio que nos foi dado pela Paseli foi muito importante e a equipe alocada foi bastante ágil durante todos os processos.

    José Lima

    Diretor Sales & Operations Thomson Reuters, Thomson Reuters, multinacional com 60 mil empregados em mais de 100 países




Notícias

Mais notícias

Newsletter

Adicione o seu e-mail e receba as nossas novidades


Faça parte da nossa equipe