Vendas de Smarthphones e Tablets devem alcançar USD 5.7 bi em 2015




      

PC´s, tablets, celulares e impressoras devem totalizar USD 19.1 bilhões 

Desaceleração na economia brasileira, eleições, Copa do Mundo, escândalos da Petrobras: nada disso afeta o mercado de smartphones no Brasil, que não para de crescer. Esta conclusão é do IDC Mobile Phone, estudo realizado pelo Q3 da consultoria IDC Brasil. Segundo a pesquisa, 15.1 milhões de smartphones foram vendidos entre julho e setembro de 2014, indicando um aumento de 11 % em relação ao segundo trimestre e 49 % em comparação com o mesmo período do ano anterior. No mesmo período, também foram vendidos 4.7 milhões de smartphones. No início de 2011, o preço médio dos dispositivos era de R$ 900 e no segundo trimestre de 2014 caiu para R$ 700. Entre julho e setembro de 2014, o preço médio já era de R$ 590. Outra comparação importante se refere o aumento no número de fabricantes no mercado: “Em apenas quatro anos, quase quadruplicou o número de indústrias do setor – que passou de 55 em 2010 para 194 em 2014. “

Sistemas operacionais: 91% dos dispositivos vendidos entre julho e setembro 2014 tinham sistema operacional Android. A novidade do período mostrou o Windows Phone em segundo lugar no ranking, sinalizando que o ano de 2014 terminaria com Android em primeiro lugar em participação de mercado, iOS e Windows Phone tecnicamente empatados.

Grandes telas invadem o mercado: A tendência de telas grandes permanece elevada. Em 2011, 93% do mercado era composto de dispositivos com telas abaixo de 4 polegadas e as perspectivas de encerramento do ano de 2014 era a venda de 63% de aparelhos com telas com mais de 4 polegadas. Quanto aos dispositivos acima de 5 polegadas, chamados phalets, o IDC acredita que até o final de 2016, 50% do mercado mundial seja composto destes modelos. No Brasil, segundo o mesmo estudo, esse índice deverá ser atingido até 2018, uma vez que em 2013, os dispositivos com tela acima de 5 polegadas responderam por cerca de 7 % e em 2014 por cerca de 15% do mercado de smartphones. Outra informação relevante mostra que a receita das compras online cresceu mais de 600 % em relação a 2013. Em 2014, estimou-se a venda de 55 milhões de smartphones.

Mercado de Tablets

 Dados divulgados pelo IDC Brasil mostram que as vendas de tablets no Brasil superaram mais de 2.3 milhões de unidades no terceiro trimestre de 2014. Isso corresponde a um crescimento de 18,1% em comparação com o ano interior. De julho a setembro de 2014 foram vendidas 2.308 unidades. De acordo com a mesma consultoria, 95% dos tablets vendidos neste período operam com sistema Android, 88% têm telas de até 8 polegadas, 78% custaram até R$500 e 51% dos equipamentos menos de R$300. Até o final do ano de 2014, o mercado esperava um crescimento de 17% para o setor, o que representa 10 milhões de tablets vendidos. Ainda segundo o IDC, a expectativa de crescimento para o setor é de 10% em 2015.

Perspectivas para 2015 

Estudos indicam que o mercado brasileiro de TI vai continuar a crescer. As empresas chegaram a um alto nível de prestação de serviço considerando empresas nacionais do setor de serviços e da área de software. A principal preocupação para o país é a falta de mão de obra qualificada, que exige mais programas de educação técnica e, atualmente, considera a contratação de trabalho internacional qualificado. Gastos com software devem chegar a USD 5.7 bilhões em 2015, uma elevação de 3,7% e gastos em dispositivos (PCs, Tablets, celulares e impressoras) deverão totalizar 19.100 milhões dólares americanos, um crescimento de 1% em relação a 2014.

 

 

Somos especialistas em:


Vendas para Governo

Soluções de ponta-a-ponta, com foco na indústria de TIC

Desenvolvimento de Negócios Internacionais

Vendas como serviço e operação iniciação, com foco na indústria aeroespacial, de equipamentos médicos e de TIC

Connecticut

Representação do Governo de Connecticut no Brasil

Nossas empresas



Depoimentos

  • Com a Paseli, criamos na América Latina um pipeline de USD 6 milhões de dólares e uma base de 150 leads qualificados, sem precisarmos investir em escritório, contratação e treinamento de equipe local.

    Maurício Costa

    Diretor comercial Openlink no Brasil, desenvolvedora global de soluções de software com +1200 colaboradores

  • Estou muito impressionado com a capacidade e velocidade que a consultoria entendeu o nosso negócio e necessidades, oferecendo uma proposta de serviço alinhada com o nosso orçamento.

    Jean Pierre Filion

    vice-presidente de Negócios Globais XMedius, líder global de soluções de nível empresarial para troca segura de documentos

  • A Paseli se prontificou e mudou o escopo do trabalho e os produtos que havíamos acertado, mantendo a qualidade. Tudo o que recebemos até agora superou as nossas expectativas.

    Nena Lentini

    Diretora de programas CDC Brasil, organismo operacional do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos presente em mais de 60 países

  • A agenda que montaram para essa visita foi impressionante. As consultoras sabem os próximos passos, sabem do que devem cuidar, no Brasil e também em Connecticut.

    Jason Giulietti

    Vice-presidente de Business Recruitment Connecticut Economic Resource Center (CERC), Agência que promove o desenvolvimento econômico de Connecticut

  • Nossa intenção era testar o mercado de fábricas de software de São Paulo para aprender sobre a necessidade das empresas e assim tornar concreto nosso plano de expansão. Também queríamos experimentar o modelo de terceirização da força de vendas, por isso escolhemos a Paseli como nossa representante comercial.

    Reno de Brito Pereira

    Diretor Polisys Informática, reconhecida fabricante de software na região centro-oeste

  • A minha expectativa foi plenamente atendida! A ideia era conhecer os tipos de suporte que teríamos na internacionalização e desenvolvimento de negócios em Connecticut – isso foi muito bem feito durante esta semana de matchmaking organizada pela Paseli.

    Luiz Tanaka

    Diretor Comercial Saipher - Air Traffic Control and Management Systems

  • O apoio que nos foi dado pela Paseli foi muito importante e a equipe alocada foi bastante ágil durante todos os processos.

    José Lima

    Diretor Sales & Operations Thomson Reuters, Thomson Reuters, multinacional com 60 mil empregados em mais de 100 países




Notícias

Mais notícias

Newsletter

Adicione o seu e-mail e receba as nossas novidades


Faça parte da nossa equipe